ache aqui 1

---------------------------
----------------------------
Custom Search
-----------------------------------------
------------------------------------------ ------------------------------- --------------------------------- ----------------------------

compatilhe

quinta-feira

Alimentos - Como Receber Doações

-->

Banco de Alimentos - Como Receber Doações

Para que a instituição social tenha acesso as doações do Banco de Alimentos, deverá atender os seguintes critérios:

a) Realizar cadastro com a apresentação dos documentos:
  • Fotocópia do CNPJ;
  • Estatuto Social;
  • Ata de constituição ou fundação
  • Ata de posse da diretoria atual;
  • Fotocópia do comprovante de endereço;
b) Possuir caráter filantrópico ou de utilidade pública;
b) Fornecer refeições no local ou, em caso da entidade fazer entrega dos produtos “in natura” diretamente às famílias, deverá apresentar cadastro das famílias atendidas;
c) Possuir condições mínimas na instituição para acondicionamento e preparo dos alimentos;
d) dispor de meio de transporte para a coleta dos alimentos;
e) Participar de cursos, oficinas e palestras de capacitação e treinamento na área de segurança alimentar e nutricional, saúde e assistência social;
f) Disponibilizar voluntários para o trabalho de coleta, seleção e distribuição dos produtos no Banco de Alimentos.

Banco de Alimentos - Formulários


 1- Fomulário de Cadastro de Entidades

 2- Formulário de Cadastro Famíliar

 3- Formulário de Cadastro de Fornecedor

 4- Formulário de Termo de Adesão ao Programa

 5- Formulário Termo de Compromisso entre a Entidade Social e o Banco de Alimentos


ATENÇÃO:
Após selecionar o formulário e preenchê-lo, envia:

1) Via Fax
Atenção Sra. Edite Terezinha Rocha
(xx)-41-3254-8622

2) Via e-mail
bancodealimentos@ceasa.pr.gov.br

Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos é uma iniciativa de abastecimento e segurança alimentar e funciona através da coleta dos produtos não comercializados pelos atacadistas e produtores rurais nas Unidades da CEASA/PR.

Também são recebidas doações do Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, com o objetivo de garantir o acesso aos alimentos em quantidade, qualidade e regularidade necessárias as populações em situação de insegurança alimentar e nutricional e promover a inclusão social no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar.

O PAA adquire alimentos, com isenção de licitação, por preços de referência que não podem ser superiores nem inferiores aos praticados nos mercados regionais, até o limite de R$ 3.500,00 ao ano por agricultor familiar que se enquadre no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF, exceto na modalidade Incentivo à Produção e Consumo do Leite, cujo limite é semestral.

Os produtos, tanto os arrecadados na Ceasa quanto pelo PAA são recebidos, selecionados e distribuídos gratuitamente às entidades assistenciais a às famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, previamente cadastradas, como forma de complementação às refeições diárias da população assistida. Em contrapartida, as entidades atendidas pelo Banco de Alimentos participam de atividades de capacitação em educação alimentar, para que o conhecimento seja repassado à comunidade.

banco de alimentos no mundo
 México
Associação Mexicana de Bancos de Alimentos - é uma associação que agrupa todos os bancos de alimentos no México, dedicada ao fortalecimento dos mesmos em todo o país. Foi fundada em 6 de junho de 1995 e atualmente possui cerca de 52 bancos afiliados. www.amba.org.mx (em espanhol)

Portugal
Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares contra a Fome: coordena e representa os Bancos Alimentares junto aos poderes públicos e às empresas de âmbito nacional e organizações internacionais. Os Bancos Alimentares em atividade recolhem e distribuem milhares de toneladas de produtos e apóiam ao longo de todo o ano a ação de mais de 1.400 instituições em Portugal. www.bancoalimentar.pt

Estados Unidos
Feeding America: Criada em 1979 com o nome de “Second Harvest” (Segunda Colheita), a organização adotou o nome “Fedding America” (Alimentando a América) desde agosto de 2008. A organização possui uma rede de mais de 200 bancos de alimentos, atendendo a 50 estados, distribuindo mais de 2,5 bilhões de quilos de alimentos anualmente. Os bancos de alimentos ajudam a 63 mil instituições de caridade e a 70 mil programas que fornecem alimentos diretamente para indivíduos e famílias em necessidade. www.feedingamerica.org (em inglês)

Global FoodBanking Network: a instituição foi fundada em 2006 por quatro líderes mundiais em redes de banco nacional de alimentos: a Red Argentina de Bancos de Alimentos (Argentina), o Food Banks Canadá, a Associação Mexicana de Bancos de Alimentos (México) e a Feeding America (Estados Unidos) . A intenção é de seguir a visão de John Van Hengel, que fundou o primeiro banco de alimentos do mundo, em Phoenix, Arizona, em 1967 e trabalhou para promover e estabelecer bancos de alimentos em todo o mundo. www.foodbanking.org (em inglês)

Argentina
Red Argentina de Bancos de Alimentos: É uma associação civil sem fins lucrativos composta de 14 bancos de alimentos do país. Ela foi criada em junho de 2003 como uma iniciativa do Banco Alimentar argentino para potencializar o trabalho conjunto e aumentar e reforçar as ferramentas que cada um possui, com o objetivo de reduzir a fome e melhorar o estado nutricional no país. redbdea.org.ar (em espanhol)

Canadá
Food Banks Canadá: é a organização nacional de caridade que representa a comunidade de banco de alimentos em todo o Canadá, atendendo por mês a cerca de 800 mil pessoas que necessitam de programas de alimentação emergenciais. foodbankscanada.ca (em inglês)

Austrália
Foodbank – An Australia Without Hunger: é a maior organização para o alívio da fome no país. Ela ajuda a alimentar a mais de 60 mil australianos por dia. Mais de 2,2 mil instituições dependem do Foodbank para ajudá-las a alimentarem mais de 2 milhões de australianos vulneráveis por ano www.foodbank.com.au (em inglês)

África do Sul
FoodBank South África: criada em 2008 com apoio do governo nacional e de empresas líderes na indústria de alimentos, a FoodBank South Africa está trabalhando para estabelecer uma rede nacional de bancos de alimentos, com o objetivo comum de eliminar a fome e a insegurança alimentar no país. www.foodbank.org.za (em inglês)

Nenhum comentário:

Marcadores

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Google+ Followers